O presente concurso, promovido em parceria pelo Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, I.P. (IVDP, IP) e pela Associação Portuguesa das Camélias (APC), visa criar uma nova cultivar do género Camellia a inscrever no International Camellia Register sob o nome 'Vinho do Porto'.

A cidade do Porto e a região vinhateira do Douro são caracterizados por uma enorme paixão por camélias. O Porto, 'cidade das camélias', é o grande centro de difusão e berço de cultivares de origem portuguesa, em que destacaram, desde o início do século XIX, várias personalidades ligadas ao Vinho do Porto.

Ao celebrar esta ligação histórica, a presente iniciativa conjuga os objetivos estratégicos das entidades promotoras: IVDP, IP como organismo responsável pela defesa e promoção da denominação de origem protegida (DOP), e APC, na sua missão de promover e valorizar a camélia enquanto património biológico e cultural.



O Concurso Camélia 'Vinho do Porto' promovido em parceria pelo Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, I.P. (IVDP, IP) e pela Associação Portuguesa das Camélias (APC) já tem um vencedor.

Rodrigo Paulo Leitão - Viveiro das Camélias (São Martinho de Recesinhos, Penafiel) é o criador da Camellia japonica 'Vinho do Porto', que será registada no International Camellia Register como uma camélia de origem portuguesa. Esta cultivar, com 15 anos, exibe flores vermelho-escuro, de tamanho médio e em forma de anémona. A cultivar resultou do cruzamento das Camellia japonica 'Bokuhan' e 'Kokuryū', cultivares japoneses tradicionais, criadas em 1719 e 1859, respetivamente.

No dia 28 de dezembro de 2022, o júri apreciou a candidatura de forma anónima, selecionando o vencedor nos termos do Regulamento do Concurso. O júri foi composto pelos Professor Gilberto Igrejas, presidente IVDP, I.P., Dr. António Filipe, em representação dos Exportadores de Vinho do Porto, Dr. Rui Paredes, em representação dos viticultores da Região Demarcada do Douro, representado pela Dra. Ana Brochado, Dra. Clara Gil de Seabra, em representação da APC e Professor Paulo Farinha Marques, diretor do Jardim Botânico do Porto.

A cerimónia de plantação de um exemplar da Camellia japonica 'Vinho do Porto' no Jardim Botânico da Universidade do Porto irá decorrer em Março de 2023.

Porto, 30 de dezembro de 2022

Consulta de Regulamento, Formulário de Candidatura e de Registo de Nova Cultivar